Shigatsu wa Kimi no Uso – Até Aqui (Episódio 16)

Fala galera, venho aqui inaugurar a nova seção do blog “Até aqui”, aonde eu comento um anime ou mangá até o último capítulo lançado atualmente. Os posts dessa seção serão bem mais abrangentes em relação as obras comentadas e terão muito mais discussão de temas do que descrições e impressões dos episódios. A primeira obra que irei comentar neste formato é o anime Shigatsu wa Kimi no Uso, anime que começou a ser exibido na temporada do final do ano passado e vem sendo bem comentado internet afora. Não vou colocar as informações técnicas nesse post pois estou fazendo-o para quem acompanha o anime e por isso esse post contém spoilers, então se você ainda não acompanha assista até o episódio dezesseis do anime e depois venha aqui ler. Deixo a nota de que esse anime é bastante recomendado por mim e vale a pena assisti-lo.

Kimi Uso (2)

Kimi Uso (4)

A primeira coisa que vamos discutir é o foco do anime, se KimiUso é um anime de música clássica ou se é um anime de drama colegial com música clássica. Levanto esse questionamento pois desde que o anime estreou até o episódio atual muita gente comentou e até mesmo criticou a forma que o anime trabalha a música clássica, comparando o anime de forma indevida com Nodame Cantabile. Eu chego a concluir que KimiUso é um anime de drama com música clássica e discordo de quem fala que Nodame Cantabile é melhor que Shigatsu wa Kimi no Uso por retratar melhor e de forma mais ampla a música classica, os dois animes tem focos bem diferentes e uma comparação desse tipo seria indevida ao meu ver. Nodame é uma obra mais longa e pende mais para o slice-of-life (que permite que a obra explore mais a temática do que um drama que se concentra mais nos personagens) além do fato de terem protagonistas mais velhos que os de Shigatsu wa Kimi no Uso, logicamente eles vão tocar melhor por ter mais experiência na música clássica. Por sua vez, Shigatsu wa Kimi no Uso é um anime que não se concentra tanto nos detalhes da música clássica pois este a usa como instrumento direto para desenvolver e amadurecer os personagens, em especial o Kousei. Ao contrário do pessoal que criticou o anime por esse fator, não vejo problema nenhum no anime se focar mais nos personagens do que na música clássica, desde que eles recebam o desenvolvimento correto. Pretendo fazer mais a frente uma review de Nodame, mas se fosse comparar Shigatsu wa Kimi no Uso com outro anime, compararia com Sakamichi no Apollon e não com Nodame Cantabile. Mudando de assunto, o CG dos instrumentos de Shigatsu wa Kimi no Uso sendo usados é muito bom.

Kimi Uso (3)

Kimi Uso (1)

Outro questionamento levantado é em relação a Kaori e seu estilo de tocar violino. Algumas pessoas criticam o fato dela ser considerada uma grande violinista pelo Kousei e por várias pessoas presentes nas apresentações mesmo ela não tendo uma técnica tão apurada. A reclamação é que ela toca de qualquer jeito e não deveria receber tanto reconhecimento. Acho que isso é uma consequência da quebra da expectativa das pessoas em querer ver um anime de música clássica. No próprio anime existem pessoas que criticam a forma de tocar da garota, como por exemplo os críticos do início do anime e o garoto violinista Mike-kun, que chega a falar que ela só faz barulho e não música clássica, deixando claro que ela não é uma unanimidade dentro do anime. Existem dois motivos que justificam ela tocar desse jeito, a sua pouca idade e a sua doença, que impede que ela almeje grandes metas dentro da música clássica, pois não faria sentido ela ter como meta ser uma grande violinista reconhecida internacionalmente se ela nem sabe quanto tempo ela vai continuar viva. Assim, ela precisa deixar a sua marca para as pessoas que ouvem sua música se lembrar dela e ela não conseguiria fazer isso se apegando fielmente a partitura (ela poderia manter o seu estilo aperfeiçoando sua técnica, mas isso demandaria muito tempo de treino que ela provavelmente não tem). Se ela não tivesse tal doença cujo nome revelarei mais abaixo ela tinha potencial para ser uma grande violinista sendo treinada por um bom mestre, sendo assim vale mais a pena ela atuar como uma performer, uma artista que usa a música clássica como entretenimento para as massas. Esse contraste entre entretenimento x arte é algo presente em várias áreas de expressão artística, vários artistas passam por esse tipo de coisa como por exemplo o Pavarotti que já foi criticado como um traidor da ópera por levar um gênero musical elitista para as massas e fazer participações com músicos e artistas populares. Até o André Rieu já foi criticado por tocar “Ai se eu te pego” no violino em uma exibição. Eu sou a favor da democratização da arte e cultura e por isso eu gostei tanto da primeira apresentação da Kaori no início do anime, foi essa apresentação que me motivou a acompanhar o anime mesmo não dando muita bola para música clássica antes.

Kimi Uso (5)

Kimi Uso (10)

Falando agora da mãe do Kousei, a Saki, vemos o motivo dela ter maltratado o seu filho forçando-o a treinar exaustivamente por anos a fio. Ela se preocupava que futuro seu filho teria na música depois que ela morresse, pois ele só era bom no piano e mais nada. Com certeza isso não justifica os maus-tratos que ela cometeu com o Kousei mas isso de uma certa forma deu todas as habilidades necessárias para o Kousei seguir na música da forma que ele deseja. Ele passou a ter uma sensibilidade muito boa para a música clássica, é como se a música visse de dentro dele. Só que a superação dele só foi possível com a ajuda da Hiroko-san, que foi uma personagem que acrescentou muita qualidade ao mangá ao ser a pessoa madura que dá conselhos para ajudar o Kousei a amadurecer, sem a ajuda dela e da Kaori ele teria desistido de vez do piano. Eu gostei muito da forma que o mangá trata essa evolução do Kousei, pouco a pouco ele começa a recuperar a sua habilidade com o piano e o respeito que ele tinha com o seu público e seus rivais Takeshi e Emi. Até a adição da Nagi (irmã do Takeshi) foi boa, ela não é aquela imouto irritante e clichê de mangás shounens genéricos, ela tem uma motivação especial para atazanar a vida do Kousei e ter aulas de piano com ele e a Hiroko-san, auxiliando-o em sua evolução na música. A própria Hiroko-san é uma personagem muito boa, ela não ajudou o Kousei apenas por ajudar e sim pois ela se sentia culpada por colocar o Kousei no mundo da música junto com sua mãe (que era sua amiga de faculdade) e não poder ajudá-lo quando ele se tornou incapaz de ouvir sua própria música. Eu tenho a curiosidade para saber aonde foi parar o pai do Kousei, animes e mangás de colegial têm resistência em trabalhar os pais dos personagens, a única família junta que vemos no anime é o da Kaori.

Kimi Uso (9)

Kimi Uso (11)

A Kaori tem sido de uma certa forma a inspiração para toda a evolução que o Kousei teve até aqui em relação à música e como pessoa. Só que a doença se agrava cada vez mais e as lembranças da mãe do Kousei no hospital que se refletem na Kaori causa calafrios nele. Falando da doença, por mais que não tenha sido revelado no anime qual é a doença dela, pelos sintomas apresentados fica claro que a doença da Kaori é a ELA (esclerose lateral amiotrófica) que é uma doença degenerativa que paralisa a pessoa aos poucos e vai transformando-a em um vegetal, as pessoas diagnosticadas com essa doença têm uma expectativa de vida curta. Eu ficaria surpreso se a doença da Kaori for outra, pois todos os sintomas batem com ELA. Voltando para o assunto que ela é a inspiração do Kousei, ela trouxe luz e alegria para o Kousei quando a vida dele estava em completa escuridão ao não poder fazer a única coisa que ele é bom e que ele gosta, agora a situação se reverteu pois o Kousei está evoluindo no piano e socialmente enquanto a Kaori está decaindo emocionalmente por suas mãos começarem a ser afetadas pela paralisia da doença. Agora a situação no anime se inverteu, com o quadro clínico da Kaori se agravando, a vida dela entra em uma escuridão profunda por não poder fazer mais o que ela gosta que é tocar violino, tanto é que a aparência dela está mais pálida e sem vida contrastando com o início do anime. Eu tenho apenas uma ressalva com a Kaori, não acho apropriado ela ficar mexendo com o sentimentos do Kousei ao ficar cutucando esse assunto da mãe dele e ficar mentindo para ele sobre sua situação, mesmo com ele percebendo que a sua situação é mais grave do que ela fala. Por mais que ela não bata bem da cabeça por ter uma doença debilitante, ela deveria ter mais um pouco de consideração para os sentimentos do Kousei.

Kimi Uso (6)

Kimi Uso (7)

Finalmente falando da Tsubaki, essa personagem vem surpreendendo bem no anime pois a personalidade e os sentimentos dela está sendo bem trabalhada. O drama pessoal dela é facilmente identificável, ela é uma adolescente que sempre ficou na zona de conforto tanto na sua vida como em relação ao Kousei. Quando o tempo passou a andar para frente com a mudança de comportamento do Kousei e as pessoas ao seu redor que estão começando a dar os seus primeiros passos em relação a seus futuros, ela se sente parada no tempo e sente que o Kousei que sempre foi seu amigo de infância por quem sempre nutriu uma paixão latente está prestes a ir embora, fazendo-a se confrontar com seus próprios sentimentos. Outra coisa que pesou tambem na sua parte emocional foi o senpai que ela namorava, por mais que fosse um relacionamento superficial ele era um cara gente boa, ele até aturou sem reclamar a Tsubaki falando toda hora do Kousei. Mas chegou um momento que ele percebeu que aquele relacionamento não teria futuro e terminou com a Tsubaki para começar a namorar com a gerente do time de baseball do novo colégio dele. Assim ela ficou arrasada com um sentimento grande de culpa por achar que ela brincou com os sentimentos dele, mostrando que ela é uma personagem consciente dos seus atos embora ela seja ainda imatura emocionalmente. Outra coisa que achei interessante foi o egoísmo dela em não gostar da música clássica pois esta a afasta do Kousei que está prestes a se mudar para um colégio do ensino médio, ela inconscientemente quer que o Kousei esteja sempre com ela mesmo se ele tiver que desistir da música para isso. Ela quer só ele e ela não se importa com seus sonhos e objetivos, do mesmo jeito que ele era antes de conhecer a Kaori. Eu não sei quais vão ser os desenrolares desse sentimentos da Tsubaki e se o Kousei irá reparar esses sentimentos dela e correspondê-los é algo que ficará para o final do anime. O incrível que ele não percebe nada (clichê de protagonista shounen) e ainda acha que a Kaori gosta do Watari (que é o poste da obra, personagem raso clichê de shounen que não serve para nada), isso é um dos pontos fracos da obra, acho que essa forçação de barra já deveria ter sido esclarecida a muito tempo, essa situação se parece muito com o protagonista de Sakamichi no Apollon que tinha uma impressão errada do relacionamento de seus dois amigos.

Kimi Uso (8)

Existem duas coisas que irão ser as mais importantes para o final da obra, que é a definição da situação de saúde da Kaori e como o Kousei irá corresponder os sentimentos da Tsubaki se é que ele vai fazer isso. Assim ficamos por aqui com o nosso post de análise dos episódios atuais de Shigatsu wa Kimi no Uso e tenho grandes expectativas em relação ao final da obra, espero que se concretize minhas expectativas e não faça que nem o mangá Koe no Katachi que me decepcionou no final. Deixe o seu feedback do post nos comentários abaixo e diga o que você achou do post.

Anúncios

2 opiniões sobre “Shigatsu wa Kimi no Uso – Até Aqui (Episódio 16)

  1. Pingback: Final de Shigatsu wa Kimi no Uso – Anime e Mangá | Selected Animes

  2. O Anime é bom, porém, detestei o final. Eu queria muito que ela revelasse seus sentimentos pessoalmente antes do fim. A doença dela não poderia ser ELA, essa doença é mais comum em pessoas de certa idade porém não se manifesta antes dos 20 anos de idade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s